Como é voar com a Venezolana


Fizemos apenas um voo com a Venezolana na Venezuela, a aeronave não era muito diferente das demais que voamos no país. Mas não tivemos problemas, nem grandes turbulências. E o atendimento foi normal, sem pontos negativos, para uma primeira experiência, tudo dentro dos conformes.

Leia aqui sobre “Como é voar com a Rutaca” na Venezuela

Trecho de Caracas (Maiquetia) até Maracaibo - Via Venezolana

Trecho de Caracas (Maiquetia) até Maracaibo – Via Venezolana

Nosso voo foi de Caracas (Maiquetia) com destino a cidade de Maracaibo, durou 1h e custou USD 17,00. Tivemos apenas água e refrigerante no serviço de bordo, aproveitamos para levar um lanche por nossa conta para almoçar.

No dia anterior a esse voo tivemos a nossa volta de Los Roques cancelada (nós voavámos pela Fly to Los Roques), e isso interferiu na saída de Caracas-Maracaibo. Era para sairmos às 8h da manhã, novo horário de saída de Los Roques. Não tivemos nem tempo de entrar em desespero, e a Venezolana logo nos realocou em um próximo voo. Claro que tivemos ajuda de duas empresas, a Ayapaina Tours (que comprou nossa passagem) e da Pousada La Corsaria (onde estávamos hospedados em Los Roques).

Saiba mais nesse post sobre nossa passagem pela Venezuela

Dicas

Abaixo listamos algumas dicas para quem planeja voar pela Venezuela.

  1. É possível comprar direto no guichê da empresa ou pelo site, mas é provável que encontre problemas, como a não aceitação de dinheiro ou cartão de crédito. Em um voo vimos placas indicando que só vendiam através de cartão de débito, o que em nada ajuda os turistas. A melhor forma para comprar é através de agências, pela nossa experiência não há cobrança extra por esse serviço e a forma de pagamento de agências é sempre “a combinar” como dinheiro (bolivares, dólares, reais ou pesos colombianos – depende do caso), Transferwise   , transferência via PayPal, etc.
  2. Como todos os voos na Venezuela é indicado chegar ao aeroporto 3 horas antes do voo (mesmo sendo voo nacional) para realizar o check-in – não, não há check-in pelo site. E como quase todo voo na Venezuela (todos exceto um em nossa passagem), saiba que haverá atrasos.
  3. Em todos aeroportos que passamos (Maiquetía/Caracas, Puerto Ordaz, Maracaibo e Santo Domingo) havia empresas que embalavam as malas. Sempre nos foi indicado fazê-lo para evitar roubos. O custo? MUITO barato. O mais caro que pagamos foi 1.500 bolivares (U$0,50 na época) por mala. Já em Maiquetía (Caracas) pagamos isso pelas duas malas que levamos.

Saiba como foi nossa experiência de voar com a Fly To Los Roques 

Cau

Brasileira, 30 anos, formada em Marketing. Apaixonada por viagens e tudo que um novo mundo pode proporcionar. Gosta de esportes de aventura. Se aventura também na diagramação dos guias do ViVeVi.

Sem comentários

Adicione o seu

Booking.com