Huacachina, o oasis do Peru


Huacachina - Oasis no Peru

Que tal aproveitar sua viagem pelo Peru e conhecer o povoado de Huacachina?

O que tem de mais lá? Além de dunas e mais dunas de areia que garante a diversão, tem um lindo e único oasis, o Oasis de Huacachina. Garanto que o cenário é mais que encantador, o povoado é pequeno e simples, mas super adaptado ao turismo.

O vilarejo se concentra ao redor do oasis, o sol é forte e o calor é intenso e constante durante o dia. As árvores que estão ao redor ajudam a refrescar a caminhada e o descanso enquanto admira a vista. As dunas podem ser desbravadas com os buggies – em tours que são oferecidos a todo momento nas poucas ruas e nas hospedagens – ou a pé a partir da vila.

Dunas de Huacachina

Huacachina é de fácil acesso, seja para quem está mochilando ou de carro. O vilarejo está a menos de 10min de taxi (ou tuk-tuk) desde a cidade de Ica e a quase 5h de viagem em ônibus de Lima. Para quem vai desde Nazca, como foi o nosso caso, a viagem dura mais ou menos 2h, e custou $10 soles por pessoa.

Que tal sobrevoar as linhas de Nazca? Leia mais aqui 🙂

O que fazer em Huacachina

Sem dúvidas, não pode faltar o passeio de buggy pelas dunas. Nós pagamos $40 soles por pessoa no passeio que incluía algumas descidas nas dunas de areia, no estilo sandboard, mas deitado na prancha. Compramos no dia que chegamos e reservamos direto em nossa hospedagem.

O sobe e desce do Bug pelas dunas é bem divertido e a sensação de frio na barriga acontece muitas vezes. Parece que o carro vai virar, tombar, mas isso não acontece (pelo menos não soubemos de ninguém que passou por isso), mas eu sempre estava com o cinto de segurança travado.

Uma dica aqui é tentar fazer o tour na parte da tarde, e assim aproveitar o pôr do sol lá de cima no final do passeio, a vista é incrível. Não esqueça de levar o protetor solar, óculos de sol e de colocar roupas mais batidas (velhas mesmo), pois você rola na areia na hora de descer as dunas na prancha.

Pôr do sol - Dunas de Huacachina

Pôr do sol – Dunas de Huacachina

Para evitar alguns machucados e arranhões aconselho ir de calça comprida, ajuda a proteger os joelhos e canela quando esta descendo a duna deitado na prancha. No começo da um pouco de medo, mas depois da primeira duna que desce e sente a adrenalina se torna divertido e a sensação de quero mais é constante.

Se tiver oportunidade, outra coisa a se fazer lá é ver o nascer do sol do alto das dunas, a vista linda e de graça 😀

Onde comer e se hospedar

Com apenas 2 dias no vilarejo não pudemos desbravar muito por lá, mas comemos um dos melhores frango e salada no Desert Nights, restaurante que tem uma bela vista da laguna, com preços acessíveis e bom atendimento. Mas há outras opções no vilarejo, como disse não é muito grande, mas eles estão preparados para nós, os turistas.

Encontramos um achado para se hospedar, mesmo sendo apenas por 1 noite ficamos muito satisfeitos. Ficamos no Desert Nights Ecocamp, quarto em tendas, camas boas, piscina e bar a céu aberto, café da manhã bem servido e na noite que chegamos tivemos um churrasco delicioso de jantar.

Hospedagem Desert Nights

Hospedagem Desert Nights

A rica culinária do Peru, veja alguns pratos típicos aqui

Se Huacachina não esta no seu roteiro do Peru, inclua 🙂 Não precisa de muitos dias, nós ficamos pouco e aproveitamos muito. Valeu a pena conhecer mais uma paraíso desse incrível país.

Cau

Brasileira, 30 anos, formada em Marketing. Apaixonada por viagens e tudo que um novo mundo pode proporcionar. Gosta de esportes de aventura. Se aventura também na diagramação dos guias do ViVeVi.

Sem comentários

Adicione o seu

Booking.com