Baños, a cidade das aventuras no equador


Banos-cidade-das-aventuras

A pequena cidade de Baños, no Equador, surpreende ao chegar e saber um pouco do que ela pode te proporcionar, muitas aventuras. Se você é daqueles que ama natureza e gosta de alguns esportes radicais, então não tem erro, pode ir sem medo para lá.

A emoção já começa ao se deparar com o vulcão , um dos vulcões mais ativo da america do sul e que, no passado, já causou alguns estragos na cidade e região. Para ter uma ideia, em 2016 ele teve mais de 29 explosões em menos de 24h, mas nada muito sério, não foi preciso evacuar a cidade, e por lá eles estão sempre alertas e monitorando suas atividades. Mas se você acha que isso afasta os turistas, esta enganado, a cidade vive cheia de gente de todas as partes do mundo.

Por ser pequena, é muito fácil de se locomover pela cidade, no centro, próximo a Basília está localizados os hoteis, restaurantes, a rodoviária e o comércio local. Mas se quiser ficar um pouco mais afastado, em hospedagens mais traquilas, não há muita dificuldade, o serviço de taxi funciona super bem por lá e é bem tabelado (pelo menos foi a impressão que tivemos).

Como chegar

Não há aeroporto na cidade, então o jeito é ir de ônibus ou carro. Distante cerca de 170 Km desde Quito , capital do Equador, há saídas diárias de ônibus até Baños a partir do terminal sul da capital, conhecido como Terminal Quitumbe. Não estou lembrada de qual empresa fizemos o trajeto, mas na rodoviária é fácil de encontrar a companhia. 

A viagem de ônibus desde Quito dura mais ou menos 3h30, e é tranquila, com algumas paradas. Já de carro você vai levar umas 2h30 para chegar, saindo de Quito.

Como se locomover

A pé, de bibicleta ou de taxi, são opções se você não tem carro próprio/alugado por lá. Alguns pontos, como o mirante do vulcão e a Casa del Árbol, é preciso um pouco de preparo para subir caminhando ou de bike. Por conta do pouco tempo que tínhamos subimos de taxi, nos custou USD10 desde nosso hospedagem – estávamos afastados do centro da cidade.

Caso precise de algum taxista de confiança, esses foram os dois motoristas que nos atenderam, mais de uma vez cada um 🙂

Sr. Roberto López  098 728 7007 (celular) e Sr. Carlos Núñes NÚÑES 099 373 8038 (celular)
Cachoeira véu da noiva

Cachoeira véu da noiva

O que fazer

Ficamos 3 noites em Baños, mas acredito que 2 noites seriam suficientes para fazer o que listamos abaixo, que foi o que fizemos de atividades em nossa passagem por lá. 

Ruta de las Cascadas (Rota das cachoeiras)

Uma descida da bike por um caminho incrível com muito verde, cachoeiras e aventuras. No caminho é possível fazer paradas em mirantes, descida de tirolesa, quem sabe uma pequena trilha até a base de uma das cachoeiras. Nós paramos para conhecer a Véu de Noiva, atravessamos o vale de tarabita (espécie de cesto) até o lado onde estava a cachoeira para vê-la de perto. Por estar dentro de propriedades privadas, algumas cachoeiras cobram entrada que variam entre US$1 e US$4. 

Travessia de Tarabita

Travessia de Tarabita

Assista aqui em nosso canal como foi nosso dia pela Ruta de las Cascadas

Ruta de las Cascadas

Ruta de las Cascadas

O passeio é feito sem guia, então você faz no seu ritmo, sem pressa. E não se preocupe com a volta, no final do percurso você tem a opção de subir de caminhão, sem esforço, mas com um custo de U$2 por pessoa/bike. Não deixe de pedalar até a Pailón del Diablo (são 20km desde a cidade de Baños), a cachoeira mais conhecida da região. Sua escadaria permite que você acesse pontos impressionantes para um visual único da queda.

Pailón del Diablo

Pailón del Diablo

Algumas hospedagens podem disponibilizar bicicletas, como foi o nosso caso. Mas caso você não tenha essa opção, então pode facilmente alugar uma no centro da cidade.

Termas de la Virgen

Localizada dentro da cidade, uma ótima opção para fechar a noite ou quem sabe começar o dia, fica aberta em dois horários diferentes, manhã e tarde, das 5h às 17h; e a noite das 18h às 21:30. Ah, caso você entre antes das 17h e queira estender até à noite será preciso sair e entrar de novo, sim, pagando novamente. Então tome cuidado com o horário de entrada, ok? Mas também não vá muito tarde da noite, pois enche cedo. Quando fomos a entrada custava US$ 3 por pessoa e o uso das tocas de banho era obrigatório. 

Uma das piscinas das Termas de la Virgen

Uma das piscinas das Termas de la Virgen

Mirante Ojos del Volcán

Ver o pôr do sol lá de cima pode ser incrível!! Dá para chegar lá caminhando, com bike ou de táxi. O visual do Vulcão Tungaruhua lá do alto é incrível e dá para ter noção da sua magnitude, é encantador. 

Vulcão Tungaruhua do algo do mirante

Vulcão Tungaruhua do algo do mirante

La Casa del Árbol ou Balanço do fim do mundo

Casa da árvore

Uma das atrações mais famosas da cidade, é possível subir em táxi, nesse caso é só pedir para te deixar na “casa da árvore”. Lá é também um belo mirante do Vulcão Tungaruhua. Uma dica interessante aqui é subir de taxi e descer caminhando, pegue as explicações lá mesmo do caminho pela trilha, é bem tranquilo e não deixe de passar no Café del Cielo, um restaurante bem charmoso na montanha. 

Balanço do fim do Mundo

Balanço do fim do Mundo

Outras atrações

Como a Baños é a cidade das aventuras, lá você também pode se aventurar fazendo Rapel, Rafting, Canoeing, Bungee Jump, escalada em vulcões e trilhas pela Amazônia. Nós não fizemos nenhum desses, mas pelo centro da cidade você encontra agências responsáveis para fazer esses passeios.

O que levar

Não deixe de levar roupas e calçados confotáveis para esportes e caminhada, de preferência aquelas que você não liga se sujar ou molhar “um pouco”.

Protetor solar, óculos de sol e camera fotografica não pode ficar de fora.

Onde Comer

Foi em Baños que comemos uma das melhores empanadas fritas, o lugar não é bonito e você pode sair de lá com um leve cheiro de fritura (risos), mas o sabor compensa. O lugar chama Empanadas e fica ao lado da rodoviária da cidade, coloquei a localização no mapa que esta no final do post.

Como já disse ali em cima, o Café del Cielo é uma boa parada para um café ou até mesmo um almoço no caminho do Balanço do fim do mundo, o visual de lá também é bem bonito.

Duas boas opções na cidade são o Alto Caribe, com uma boa variedade de comida, opções para vegetarianos e ótimo custo/benefício e o Cafe Hood, com um cardápio mais internacional, opções para almoço e jantar e opções para vegetarianos também. 

Onde ficar

Nós ficamos hospedados no El Hogar de Chocolate, uma pousada um pouco afastada da cidade e muito tranquila, com um ambiente bem família. A pousada fica dentro de uma área de proteção ambiental e é possível visitar algumas cachoeiras sem sair do terreno deles. 

El Hogar del Chocolate

Pudemos usar as bicicletas que eles disponibilizam aos hospedes, sem custo. O mais interessante daqui é que eles oferecem café da manhã, almoço e jantar sem um custo fixo. Cada turista dá o que puder ou o quanto achar que valeu, esse dinheiro eles investem em um projeto de proteção de animais de estimação.

Não sabe onde se hospedar? Leia aqui a diferença entre os vários tipos de hospedagens

Nossa café da manhã na sacada do quarto

Nossa café da manhã na sacada do quarto

Quando fomos

Visitamos a cidade de Baños em Outubro de 2016.

Mapa de Baños

Cau

Brasileira, 30 anos, formada em Marketing. Apaixonada por viagens e tudo que um novo mundo pode proporcionar. Gosta de esportes de aventura. Se aventura também na diagramação dos guias do ViVeVi.

Sem comentários

Adicione o seu

Booking.com