Rafting no Rio Suarez, Colombia


Rafting Rio Suarez

O Rafting no Rio Suarez foi uma das primeiras aventuras que nos chamou atenção em San Gil, no vasto catálogo de atividades possíveis na cidade e região.

São três os rios que correm próximo a cidade. O rio Fonce e Chicamocha são os de dificuldade média (categoria I-II-III), escolher um deles é um bom jeito de começar, para quem não se sente seguro ou nunca praticou o esporte antes. Agora se você já fez, pelo menos 1 vez ou é realmente destemido encare o Rio Suarez (categoria IV e V). A diversão em água dura entre 1h45min a 3h (depende do nível da água, que determina a velocidade). É preciso fechar um grupo, pelo menos 4 pessoas para que o passeio aconteça.

Fazia muito tempo desde o meu último Rafting (uns bons anos); o Marcos encarou as águas geladas de Pucon em 2013, então estava mais fresco que eu. Mas vamos lá, bora encarar essa aventura molhada e emocionante.

Um dia de Rafting no Rio Suarez

Fechamos o nosso passeio um dia antes, nem precisamos sair da hospedagem para isso, o dono do Casa Rome Hostel fez tudo o que precisava (agendou, recebeu o valor) e nós só precisavámos ir até a Colombia Rafting Expeditions às 10h da manhã do dia seguinte. 

Acordamos cedo, tomamos nosso café e descemos a rua da hospedagem até a agência. Fomos uns dos primeiros a chegar. Finalizamos o cadastro, o que facilitaria o envio das fotos que estavam inclusas no pacote que fechamos e, em pouco tempo, assim que os demais turistas chegaram, partimos. Saímos em 2 carros, o grupo era grande e foram 3 botes na água. O frio na barriga começava a aparecer 🙂

Chegando no ponto de partida, a equipe de guias e salva vidas se apresentaram e começou um bate papo de explicações, onde relambramos os movimentos que faríamos no barco, o que fazer caso você caisse na água, como resgatar e como ser resgatado, entre outras coisas.

Rafting no Rio Suarez

Hora do Treino

Depois de toda teroria era hora da prática. Já preparados com capacete e coletes salva vidas, entramos no barco e um a um fomos praticando o que ouvimos, todos nós caímos na água e tivemos que resgatar uns aos outros. Atividade que acabou acalmando a ansiedade e deixando todos um pouco mais confortáveis.

Era hora de partir! Que venham as emoções e muita água na cabeça!

E nossa, haja braço, pois não é só descer o rio! É remar e direcionar o bote… remar para frente, remar para trás, e senta no chão, agora senta na lateral! No final do dia, estavamos com a adrenalina a mil, energia renovada e cansados! hehehe

Foi super divertido e ninguém caiu na água, todos sobreviveram! Opasseio terminou em uma parte calma do rio, nem parecia o mesmo que acabamos de passar.

O lanche foi servido na sombra de uma árvore, nos delíciamos com frutas, sucos, água, comida e tinha até uma opção de bebida alcoólica para quem quisesse.

O retorno para a cidade foi tranquilo e os turistas foram deixados cada um em sua hospedagem.

Com quem fizemos o tour
Colombia Rafting Expeditions
www.colombiarafting.com

Quanto custou
$130.000,00 COP (US$ 43,00) por pessoa
Incluso: Transporte, água, alimentação, fotos, videos, equipamentos de segurança e guias profissionais da atividade.

Quando fomos
Dia 28 de Novembro de 2016

Leia aqui Como chegar e Onde se hospedar em San Gil 

Quando ir e o que levar

A aventura fica mais emocionante quando o rio esta mais cheio, na época das chuvas. Mas isso também é preocupante, pois se o rio estiver muito perigoso não é seguro para o turismo e pode acabar não rolando passeios até que o nível da água baixe um pouco. Nesse caso as chuvas de verão podem ajudar ou até atrapalhar um pouco.

Para o dia do Rafting vá com a roupa mais velha que tiver na mala/mochila, se quiser que sua camiseta branca continue branca, não a use! rsrsrs Se quiser usar um biquini ou sunga por baixo da roupa, sem problemas. É tanto sobe e desce, senta e levanta, que é preciso estar confortável.

Por conta do sol forte, nós preferimos usar uma camiseta manga comprida e short. Eu usei uma sandália, daquelas tipo papete, ajudou a firmar mais o pé no bote. Havia turistas descalços e outros de tenis. Vá como você achar mais confortável e seguro.

Leve repelente, proteror solar e uma troca de roupa seca, para depois da atividade.

Cau

Brasileira, 30 anos, formada em Marketing. Apaixonada por viagens e tudo que um novo mundo pode proporcionar. Gosta de esportes de aventura. Se aventura também na diagramação dos guias do ViVeVi.

Sem comentários

Adicione o seu

Booking.com