Santa Marta, dicas de como chegar


Cidade de Santa Marta - Colombia

Santa Marta é a mais antiga cidade colombiana. Serve de base para muitos atrativos da região como dias de praia, mergulho, snorkeling, caminhadas no Parque Nacional Tayrona e também de muito agito pelos bares e discotecas da cidade com o cair da noite.

As praias das cidade não são as mais belas, já adianto que não será aqui que você encotrará mar azul e areia branca, mas certamente estará em um lugar com muita natureza e a um passo do caribe colombiano.

Como chegar

Depois de passarmos quase um mês viajando pela Venezuela, voltamos ao calor colombiano. Cruzamos a fronteira por Paraguachón e seguimos de ônibus de Maicao até a cidade de Santa Marta.

Entramos na Colômbia sem um tostão de moeda local, o plano era sacar no primeiro caixa eletrônico que encontrassemos, mas não foi tão simples assim. Conseguimos trocar alguns Bolivares (moeda venezuelana) que deu apenas para pagar o moto-taxi até a rodoviária, na esperança de sacar dinheiro por lá.

Como sempre os colombianos nos surpreendendo, havia vendedores de passagem para Santa Marta espalhados pela rodoviária, eles perseguem qualquer um para conseguir mais passageiros, avisei que não tinhamos dinheiro – pois na rodoviária também não tinha caixa eletronico – e ele, mesmo assim, nos deixou embarcar e disse que o motorista iria parar no primeiro banco do caminho para que pudessemos sacar uma grana e pagar a passagem. No final deu tudo certo :).

Muitos turista chegam na cidade vindo de Cartagena, cidade a pouco mais de 200 km (4h de carro) de Santa Marta. O transporte mais comum entre as cidade são ônibus de linha, que partem da rodoviária de Bogotá; ou transportes privados, serviço esse geralmente oferecido pelos hostels e hotéis de Cartagena.

Se seu roteiro pula direto para Santa Marta, chegar de avião é a opção mais rápida. Aeroporto Internacional Simón Bolívar que atende a cidade esta a 15km do centro ou mais ou menos 30/40 min de carro. A empresa Viva Colombia opera voos diários desde Bogotá e Medellín.

Leia mais sobre a cidade e outros destinos colombianos em nosso Mini Guia Colombia

Onde ficar

Ficamos hospedados bem no centro histórico da cidade, no Mulata Hostel (Calle 19 # 3-32.). Um hostel bem despojado e com muita energia. Com quartos compartilhados, uma cozinha não muito grande, mas de uso livre dos hóspedes e várias áreas em comum; além da piscina, mesa de bilhar e um bar que funciona diariamente.

O hostel está próximo ao Parque de los Novios, a menos de 5km da Praia El Rodadero, praticamente ao lado da Catedral e do Museu do Ouro de Santa Marta. Na mesma rua há opções de bares e restuarantes.

O que fazer

Se tem algo que deveríamos ter ido conhecer, e não fomos foi o Parque Nacional Natural Tayrona, belas praias, trilhas e muita natureza. Mas nem sempre conseguimos fazer o que queremos, não é mesmo?! O paque esta a menos de 40km da cidade, é possível chegar de transporte público, por conta própria, acampar e aproveitar alguns dias por lá. 

O centro da cidade não é dos mais bonitos, mas tem belas praças, um ar de cidade antiga e muita história. Não deixe de caminhar pelas ruas do Centro histórico, conhecer a Catedral de Santa Marta e conhecer Parque de Los Novios

Catedral de Santa Marta

Catedral de Santa Marta

Ah, outro lugar incrível, mas que também ficará para uma próxima oportunidade é um trekking pela Ciudad Perdida, localizada no Parque de Sierra Nevada de Santa Marta. Nesse caso, não é possível chegar por conta própria, é preciso contar agências ou pelo menos um guia que conheça o caminho.

Mas se tem algo que sabíamos que não deixaríamos passar era mergulhar por aqui. Santa Marta é um dos lugares mais baratos para a prática de mergulho. Uma saída de mergulho, com duas imersões, todos equipamentos inclusos e ainda uma aula de revisão para mim, que não mergulhava desde nossa última experiência em Bonito, saiu por USD 60,00 por pessoa.

Mergulho em Santa Marta

Mergulho em Santa Marta

Foi um dia de muitas emoções, mar e peixinhos. Nós mergulhamos com a equipe do Santa Marta Dive e Adventure, para saber mais como foi esse dia, leia aqui.

Não visitamos nenhuma praia da cidade, havíamos acabado de voltar de Los Roques – um paraíso caribenho – e já tinhamos a passagem de saída para o Panamá de veleiro, passando pelas Ilhas de San Blás. Mas deixo como dica para conhecer as praias de Taganga e El Rodadero, essas são as mais conhecidas e cheias de turistas.

Quando ir e o que levar

Santa Marta é destino certo o ano inteiro, com um clima quente, sol e calor. As chuvas e fortes ventos geralmente acontecem no mês de outubro. Fique atento com a data da sua viagem.

Para os dias de praia, não esquecer de protetor solar, ôculos de sol e roupas de banho. Use roupas arejadas e calçados confortáveis para caminhar pela cidade. O uso de boné ou chapéu é bem vindo, o sol por lá pode ser bem forte. E lembre-se de se hidratar muito durante o dia.

Onde Comer

O centro histórico da cidade esta cheio de opções de resturantes, alguns você encontra no mapa da cidade, logo abaixo. Não se deixe intimidar pelas fachadas simples ou locais pequenos, esses podem te surpreender, como é o caso do Lulu Café Bar, localizado na estreita calle 19.

Mapa de Santa Marta e Região

Cau

Brasileira, 30 anos, formada em Marketing. Apaixonada por viagens e tudo que um novo mundo pode proporcionar. Gosta de esportes de aventura. Se aventura também na diagramação dos guias do ViVeVi.

Sem comentários

Adicione o seu

Booking.com