O que fazer no Peru em 2015


Situada em Cotabambas esta escultura representa a festa de yawar (© Sankaypillo, Wikimedia Commons)

Este post é uma tradução do post do How To Peru. O post original (em inglês) pode ser lido aqui.

Mantenha-se atualizado com os últimos festivais e eventos no Peru em 2015, incluíndo feriados nacionais e regionais, shows e mais. Abaixo listamos mês a mês para que você saiba o que fazer no Peru em 2015.

em Janeiro

  • Ano novo — 1 de janeiro, feriado nacional;
  • Niño Callaocarpino y el Niño Jacobo Illanes — 1 de jan., em Huancavelica: um festival e peregrinação típico com danças tradicionais e touradas;
  • Festival de los Negritos — dez. e/ou jan., em Huánuco: o “festival dos negros” onde dançarinos com rostos pintados de preto dançam pelas ruas da cidade;
  • Fundação de Iquitos — 5 de jan.: uma boa desculpa para uma festa na floresta;
  • Adoración de Reyes Magos — 6 de jan., em todo país: também conhecido como Epifania, o 12º dia após o Natal, onde é celebrado a visita dos três reis magos a Jesus;
  • Festival Música Perú – 16 de jan., Estadio Nacional: um novo evento organizado pela PromPerú, que a define como “um mega concerto nunca antes visto no país que vai reunir cumbia, salsa, rock, folk e outras bandas mais em um único palco”;
  • Summer of Dub 2015 — 16 de jan.,  Certes Dub (em Chorrillos): o sistema de som Mungo’s Hi Fi retorna de Glasgow (Escócia) para ser a principal atração do festival Summer of Dub, que ocorre pelo terceiro ano consecutivo;
  • Fundação de Lima — 18 de jan.: desfiles, festa e uma pequena queima de fogos;
  • Chiaraje — 20 de janeiro (a data pode mudar), na província de Canas na região de Cusco: um ritual de batalha por uma boa colheita, em reverencia a Pachamama, ou mãe terra;
  • Concurso Nacional de Marinera — entre 19 e 25 de jan., em Trujillo: o maior festival de dança marinera (dança típica) do Peru retorna para sua 55ª edição, a final sendo no dia 25 de janeiro;
  • Electro Selvámonos — 24 de jan., em Punta Rocas (km 46 da velha Panamericana Sur, na periferia – redondezas – de Lima);
  • Marnie — 29 de jan., na Disco (Av. Arequipa 1530, Lince): o vocalista, escocês, da banda
    Ladytron chega a capital peruana.
Dançarinas de Marinera em Festival em Trujillo (MaSii, Wikimedia Commons)

Dançarinas de Marinera em Festival em Trujillo (MaSii, Wikimedia Commons)

 em Fevereiro

  • Carnaval — durante todo mês: desfiles, festas, danças ao redor de pés de Yunsa (árvore típica) e guerra de água. Muita guerra de água;
  • Fiesta de la Virgen de la Candelaria — primeira metade do mês, na região de Puno: procissões coloridas com centenas de músicas e dançarinos. Bastante bebedeira também;
  • Luchas de Toqto — 2 de fevereiro (pode variar), nas províncias de Canas e Chumbivilcas na região de Cusco: outro ritual parecido com o Chiaraje (em janeiro);
  • Dia de Pisco Sour — primeiro sábado do mês: um feriado nacional para beber pisco sour no país, sem desculpas;
  • Jorge Drexler — 5 de fev., no Auditorio del Pentagonito: o ator e músico uruguaio que ganhou um Oscar por uma música no filme Diários de Motocicleta se apresenta em Lima;
  • Dia de São Valentino — 14 de fev., país todo: dia dos namorados como a maior parte do mundo.
  • David Bisbal — 19 de fev., Explanada del Centro Comercial Plaza Norte: cantor pop que já recebeu um Grammy Latino se apresentará na capital;
  • Festival del Verano Negro — última semana do mês, na província de Chincha, na região de Ica: uma celebração anual da cultura afro-peruana Chincha;
  • Epica — 28 de fev., Teatro de la Universidad de Ingeniería: metal sinfônica holandesa.

em Março

  • Joss Stone — 3 de março, Huaca Pucllana: a cantora de soul britânica vai se apresentar no sítio arqueológico de Huaca Pucllana, em Lima;
  • Fundação de Trujillo — 5 de mar.;
  • Festival de vinho de Ica — primeiras duas semanas de março (pode variar): a colheita da uva em Ica é celebrado com o Festival Internacional de la Vendimia de Ica. Beba vinho, coma comida local e assista lindas garotas pisando nas uvas;
  • Pablo Alborán — 7 de mar., Auditorio del Pentagonito: músico espanhol. Esse é para as mulheres;
  • Slash — 9 de mar., Parque de la Exposición;
  • James Blunt — 17 de mar., Anfiteatro del Parque de la Exposición;
  • Fiesta de San José — entre 18 e 20 de março (pode variar), no distrito de Las Delicias em Trujillo: um festival de herança dos espanhóis. Beber, dançar, cavalos peruanos de Paso e com sua própria corrida com os touros;
  • Festival de vinho de Surco — datas podem variar, distrito de Surco em Lima: mais vinho, agora em Lima. Beba, coma e assista a mais mulheres bonitas pisando em uvas;
  • Pablo Milanés — 21 de março, Gran Teatro Nacional: cantor/compositor e guitarrista cubano;

em Abril

  • Semana Santa — entre 29 de março e 4 de abril, país todo;
  • Jueves Santo (quinta-feira santa) — 2 de abril, feriado nacional;
  • Viernes Santo (sexta-feira santa) — 3 de abril, feriado nacional;
  • Día de Pascua (domingo de páscoa) — 5 de abril: desfiles religiosos, festas em família e sem muito chocolate;
  • El Señor de los Temblores — 6 de abril, em Cusco: a imagem de El Señor de los Temblores (o senhor dos terremotos) é exibido nas ruas de Cusco, um evento grande que lota a cidade;
  • Aniversário do distrito de Amantani — 9 de abril, distrito de Amantani na região de Puno: as ilhas de Amantani e Taquile no Lago Titicaca celebram a fundação de seu distrito;
  • Uchpa e La Sarita — 9 de abril, Gran Teatro Nacional: duas bandas peruanas; punk rock e blues (cantado no idioma Quechua) pela Uchpa e punk da banda La Sarita;
  • Doom — 10 de abril, com local ainda indefinido: banda punk de Birmingham, Inglaterra.
  • Aniversário de Chiclayo — 18 de abril: as celebrações duram uma semana, com feiras, música, dança, e claro, misses;
  • Competição nacional de cavalos Paso — normalmente na segunda quinzena do mês, em Mamacona, Lima: ainda falta ser confirmado, mas a maior competição de cavalos Paso deve retornar em 2015;
  • Ed Sheeran — 21 de abril, Jockey Club del Perú: outro músico inglês tocará em Lima 2015. Devido a demanda por ingressos o show foi removido do C.C. María Angola;
  • Aniversário da província de Callao — 22 de abril, Callao;
  • Front 242 — 25 de abril, com local ainda para ser confirmado: música eletrônica belga;
  • Aniversário de Ayacucho — 25 de abril: Francisco Pizarro fundou o assentamento de San Juan de la Frontera de Huamanga em 1540; Simón Bolívar posteriormente alterou o nome para Ayacucho em 1825. O aniversário dessa cidade histórica possui inúmeras atividades, como eventos culturais e esportivos, feiras, bebida e folia generalizada;
  • El Señor de la Justicia — 25 de abril, Ferreñafe, na região de Lambayeque: um festival religioso em homenagem a imagem do Senhor da Justiça;
  • Aniversário de Jauja — 25 de abril, Jauja, na região de Junín: Jauja foi a primeira capital espanhola no país e também o local da primeira catedral. As celebrações duram ao menos alguns dias;
  • Motorama — 30 de abril, Discoteca Mangos: música russa que se parece bastante com Interpol.

em Maio

  • Virgin de Chapi — 1 de maior, em Arequipa: milhares de peregrinos caminham até o Santuário da Virgem de Chapi, local de uma das mais importantes imagens da Virgem Maria no Peru;
  • Dia de los Trabajadores (Dia do trabalhador) — 1 de maio, feriado nacional;
  • Fiesta de las Cruces — datas podem variar, tipicamente nos altiplanos: religiosos carregam cruzes entre igrejas vizinhas em diversas partes do Peru. Cusco tem a procissão Cruz Velacuy no início do mês; Huancavelica tem uma festa relacionada chamada de Fiesta del Espíritu Santo (as vezes em maio); Pasco, Ayacucho, Junín e Puno também celebram a Fiesta de las Cruces;
  • Fiesta de Alasitas — 3 de maio, em Puno: um mercado cheio vendendo alasitas, representações em miniatura de coisas que você quer em sua vida;
  • Señor de Muruhuay — 3 de maio (pode variar), em Tarma na região de Junín: uma peregrinação ao senhor de Muruhuay, uma imagem de Cristo que apareceu em uma rocha nas redondezas de Tarma. Os peregrinos levam uma carta a Deus, de agradecimento ou pedindo um milagre;
  • Aniversário de Cotahuasi — 4 de maior, no distrito de Cotahuasi em La Unión, na região de Arequipa: marcado pela trindade, touradas, cerveja e misses (mulheres bonitas);
  • Señor de Torrechayoc — maior, em Urubamba na região de Cusco: um festival em homenagem a cruz milagrosa localizada em Urubamba, com danças, bebida e briga de galos;
  • Homenagem aos Defensores do campo Alianza — 26 de Maio, em Tacna: um dia de lembrança aqueles que morreram na Batalha de Tacna (26 de maior de 1880) durante a Guerra do Pacifico.

em Junho

  • Semana do turista de Chachapoyas — início do mês;
  • Qoyllority — início de junho ou final de maior, no distrito de Ocongate em Cusco: uma peregrinação (em região montanhosa) ao santuário de Sinakara. Qoyllority (ou Qoyllur Rit’i) ocorre nos dias que antecedem o Corpus Christi;
  • Corpus Christi — 4 de junho, no país todo: uma festa celebrada ao redor do país, porém particularmente importante em Cusco;
  • Aniversário de Ica — 17 de junho: comida, bebida, desfiles, uma mini-maratona e um concurso de beleza;
  • Sondor Raymi — entre 18 e 19, em Andahuaylas na região de Apurímac: reconstituição do mito de Chanka, La Epopeya Chanka (A epopéia de Chanka). O principal evento ocorre no lago Pakucha e no sítio arqueológico de Sondor;
  • Festival Folklórico de Raqchi — terceiro domingo do mês, na província de Canchis na região de Cusco: um festival folclórico no sítio arqueológico Inca de Raqchi (Raqch’i, ou o templo de Wiracocha);
  • Semana do turista de Moyobamba — segunda quinzena do mês (pode variar), em Moyobamba na região de San Martin;
  • Noche de San Juan — entre 23 e 24, nos distritos de Calana, Pachi e Pocollay em Tacna: a noite de São João inclui uma procissão noturna no Valle Viejo (vale velho);
  • Chaccu de Vicuñas — 24 de junho, na Reserva Natural Pampa Galeras em Ayacucho: arrebanham vicunhas na Reserva Natual Pampa Galeras. Locais e turistas fazem uma corrente humana conhecida como chaccu, uma técnica de pastoreio que antecede os Incas;
  • Inti Raymi — 24 de junho, em Cusco: o festival do sol é uma das datas mais importantes do calendário da cidade. A reconstituição da cerimônia do solstício de inverno ocorre no sítio arqueológico de Sacsayhuamán;
  • Festival de San Juan — 24 de junho, nas regiões de selva do Peru: um dos principais festivais da região amazônica peruana;
  • Dia nacional do Ceviche — 28 de junho, no país todo;
  • Día de San Pedro y San Pablo — 29 de junho, no país todo: o festival de São Pedro e São Paulo ocorrem em diversos locais no Peru, mas é mais conhecido pelas procissões marítimas.

em Julho

  • Semana do turista de Tarapoto — entre 8 e 19 (pode variar), em Tarapoto na região de San Martín;
  • Aniversário de Puerto Maldonado — 10 de julho: fundada por Don Juan Villalta em 1902;
  • Festival da Virgen del Carmen — 15 e 16, em várias regiões: desfiles coloridos de rua, alguns reconstituem importantes momentos da história peruana, com dançarinos e bandas. As celebrações são grandes em Lima, Callao (festival da Virgen del Carmen de la Legua), Celendín e Paucartambo (festival da Mamacha Carmen, próximo a Cusco);
  • Aniversário da província de Huaraz — 25 de julho;
  • Festival de Apóstol Santiago — 24 e 25, principalmente nos altiplanos;
  • Aniversário da chegada de colonos austro-alemães em Oxapampa — entre 24 e 31, na província de Oxapampa Province na região de Pasco: estabelecido por imigrantes por volta de 1850; o aniversário destaca a cozinha e cultura distinta do distrito;
  • Fiestas de Quillabamba — entre 25 e 29, em La Convención na região de Cusco: a celebração do aniversário de La Convención (capital Quillabamba), a maior província da região de Cusco;
  • Fiesta del Sol — 27, em La Unión na região de Huánuco: A restituição de um importante festival Inca (parecido com o Inti Raymi em Cusco) no sítio arqueológico de Huánuco Pampa;
  • Dia da independência peruana — 28 de julho, feriado nacional;
  • Fiesta del Señor de las Ánimas e Yawar Fiesta– de 28 de julho a 3 de agosto, na região de Apurimac (próximo a Cusco): A Yawar Fiesta em Cotabambas é um ritual simbólico onde um condor é amarado nas costas de um touro.

em Agosto

Dançarino típico de Tijeras - tesouras (Wikimedia Commons)

Dançarino típico de Tijeras – tesouras (Wikimedia Commons)

  • Día de la Pachamama — 1 de agosto, na região Andina: a cerimônia de Pago a la tierra (pagamento a terra) é em homenagem a Pachamama (Mãe terra).
  • Santísima Cruz de Chalpón — primeira semana do mês, em Motupe na região de Lambayeque: um festival religioso em que o milagroso Cruz de Chalpón é carregado do alto de uma colina até a cidade de Motupe. Eventos que complementam o peregrinação incluem festas musicais, feiras e show de cavalos Paso;
  • Nuestra Señora de las Nieves — 5 de agosto, região central e sul andina: um festival religioso celebrado na Espanha, Portugual, Itália e algumas regiões da América Latina. No Peru, as festividades são mais notáveis nas cidades de Cusco, Ayacucho e Junín;
  • Aniversários de Arequipa — dia 15: fundada em 1540 pelo espanhol Garcí Manuel de Carbajal. as festividades começam mais ou menos uma semana antes com a famosa Corso de la Amistad (desfile da amizade) no dia 15;
  • Virgen de la Asunción — dia 15: celebrada em todo país, de forma distinta; um grande evento em Chachapoyas (Amazonas), Cangallo (Ayacucho) e Chacas (Ancash);
  • Aniversário de Huánuco — dia 15;
  • Aniversário de Callao — dia 20, em Callao na região metropolitana de Lima;
  • Yaku Raymi — entre os dias 20 e 26, no distrito de Carmen Salcedo de Andamarca, na região de Ayacucho: um festival que dura uma semana e agradece a Pachamama, com as danzas de las tijeras (dança das tesouras), feiras, reconstituições históricas e a limpeza anual dos canais de água;
  • Reincorporação de Tacna ao Peru — dia 28, em Tacna: o país perdeu a cidade ao Chile durante a guerra do pacífico (entre 1879 e 1883), mas recuperou o território em 1929 com o Tratado de Lima;
  • Semana do turista de Oxapampa — entre 25 e 31, em Oxapampa na região de Pasco;
  • Dia de Santa Rosa de Lima — dia 30, feriado nacional: a primeira santa das Américas.

em Setembro

  • Festival Reyna del Cañaveral — os dias variam, em Apurimac: o festival da rainha da cana de açucar ocorre à beira do Rio Pampas;
  • Fiesta Patronal Virgen de la Natividad — dia 8, na região de San Martín: um festival religioso popular na pequena cidade de Lamas próximo de Tarapoto;
  • Virgen de Cocharcas — dia 8, em Andahuaylas na região de Apurímac: uma peregrinação terminando no santuário da Virgen de Cocharcas;
  • Festividad del Señor de Locumba — dia 14, em Tacna: uma peregrinação do santuário do senhor de Locumba, mais ou menos 75km ao nordeste de Tacna;
  • Señor Cautivo de Monsefú — dia 14 (principal dia), em Monsefú na região de Lambayeque: desfiles de rua cheio de flores espalhadas pela pequena cidade de Monsefú próximo a Chiclayo;
  • Señor de Huanca — dia 14, em Cusco: a peregrinação ao Santuário do Senhor de Huanca é uma das maiores do Peru, atraindo pessoa de todo o continente;
  • Festival Internacional de la Primavera — final do mês, em Trujillo na região de La Libertad: o festival internacional de primavera de Trujillo é um evento que dura vários dias e inclui dança, desfiles, música ao vivo, feiras, concursos de beleza, touradas, surfe e muito mais.

em Outubro

  • Festival da terra prometida de Pozuzo — entre 4 e 8 (datas podem variar), em Pozuzo na província de Oxapampa, na região de Pasco: uma celebração da cultura e herança da cidade de Pozuzo, fundada em 1859 pelos colonos de Tyrol (na Áustria) e Prussia (na Alemanha);
  • Batalha de Angamos — dia 8, feriado nacional: aniversário do confronto naval entre o Chile e Peru durante a Guerra do Pacífico. Um dos maiores heróis peruanas, o Almirante Miguel Grau, morreu durante odied during o combate em 1879;
  • Señor Cautivo de Ayabaca — dia 13, em Ayabaca na região de Piura: uma peregrinação para ver a imagem do Señor Cautivo de Ayabaca na cidade de Ayabaca (mais ou menos 200km de Piura);
  • Aniversário de Tingo Maria — dia 15;
  • El Señor de los Milagros — segunda quinzena do mês, em Lima: a maior congregação religiosa da América do Sul, com procissões pelas ruas de Lima em homenagem a imagem de Cristo conhecido como El Señor de los Milagros (o Senhor dos Milagres);
  • Señor de Luren — terceira segunda-feira do mês, em Ica: uma procissão anual da imagem de madeira do Señor de Luren (santo patrono de Ica), carregado pelas ruas da cidade;
  • Fiesta Patronal de Santa Úrsula — entre 21 e 24 (datas podem variar), em Viraco, na província de Castilla da região de Arequipa;
  • Día de la Canción Criolla — dia 31: um dia nacional para homenagear a música criolla. Espere por shows em restaurantes e o outros locais ao redor do país;
  • Halloween — dia 31: Halloween não é um grande evento no Peru, mas a cada ano a mais abóboras, festas temáticas e crianças fantasiadas, especialmente nas grandes cidades.

em Novembro

  • Día de Todos los Santos (Dia de todos os santos) — dia 1, feriado nacional;
  • Día de los Difuntos (Dia das almas/dia dos defuntos) — dia 2, no país todo: famílias visitam túmulos de parentes, levando comida, flores e outros presentes à beira do túmulo. A vigília às vezes começa na noite do Día de Todos los Santos e continua até o amanhecer do dia seguinte;
  • Aniversário de Puno — dia 4: o aniversário da Capital Folclórica do Peru, com uma semana de eventos, incluem danças tradicionais, música, queima de fogos de artifício e a reconstituição do mito da origem dos Incas (geralmente no dia 5);
  • Semana do turista de Ica — entre 12 e 20 (datas podem variar): concursos de dança marinera, shows de cavalos Paso, música ao vivo, rainhas de concurso de beleza e muito mais;
  • Semana do turista de Moquegua — entre 20 e 25 (pode variar);
  • Semana do turista de Pasco — entre 20 e 29 (variável): a semana Jubilar y Turistica de Pasco inclui muita dança e bebida, assim como a maratona anual, que se diz ser a maratona mais alta do mundo (porém ainda não confirmado);
  • Feria de San Clemente — em algum dia do mês, em San Clemente, Piura: a feira anual tem um pouco de tudo, misturando desfiles religiosos com comida e competições de dança marinera e motocross.

em Dezembro

  • Imaculada Conceição — dia 8, feriado nacional: a Imaculada Conceição da Virgin Mary é um feriado nacional no Peru;
  • Tributo a liberdade americana — dia 9, em Ayacucho: na Batalha de Ayacucho em 9 de Dezembro de 1824, forças patriotas aliadas obtiveram uma importante vitória em sua luta pela independência da Espanha. Festividades anuais ocorrem ao redor da região de Ayacucho para marcar o evento histórico;
  • Virgen de la Puerta — entre 12 e 15, em Otuzco, na região de La Libertad: uma procissão da estátua milagrosa da Virgen de la Puerta pelas ruas de Otuzco, uma pequena cidade há algumas horas ao leste de Trujillo;
  • Santuranticuy — dia 24, em Cusco: um mercado anual na praça central de Cusco, vendendo presépios e outros itens religiosos e de festa feita por artesãos de todo país;
  • Véspera de Natal — dia 24: Natal no Peru é tudo sobre o dia 24 e a Noche Buena (a Boa Noite). Famílias ficam acordados até meia noite, onde então comem um banquete natalino e abrem seus presentes;
  • Dia de Natal — dia 25, feriado nacional: tudo é bem quieto no país, enquanto as pessoas vão acordando aos poucos depois de uma noite de muita festa;
  • Festival de Danza de Tijeras — entre 24 e 27 (datas podem variar), em Huancavelica: Os dançarinos mais talentosos do país se reunem para o festival anual desta dança típica em Huancavelica.

Foto destaque: Situada em Cotabambas esta escultura representa a festa de Yawar (© Sankaypillo, Wikimedia Commons)

o Farol

O dono da área, ilumina o caminho das viagens e reflete nossos princípios: Viajar, Ver e Viver.

Sem comentários

Adicione o seu

Booking.com